4 de julho de 2022

Como o empreendedorismo pode mudar sua vida

Em um cenário de expansão dos meios de acesso à informação, em conjunto com uma série de crises e transformações do mercado de trabalho, cada vez mais é necessário um toque de criatividade para encontrar um espaço, e muito disso está no empreendedorismo.

O ato de empreender está ao nosso redor desde as startups, que são disputadas por gigantes do Vale do Silício, até as pessoas que garantem uma renda extra fazendo doces caseiros. 

Ou seja, cada trabalhador que inova e desenvolve uma solução por conta própria é um empreendedor, mas o conceito vai um pouco além.

Por mais que isso não seja tão discutido, mesmo dentro de uma empresa é possível levar o empreendedorismo à tona, se destacando entre os profissionais contratados e crescendo na hierarquia interna.

O debate público sobre empreendedorismo caiu no cotidiano amplo da população em um período mais recente, mas as características do bom empreendedor está conectado com o trabalhador brasileiro há muito mais tempo, de uma forma natural e intuitiva.

O ditado popular que diz que “a necessidade é a mãe da inovação” fala muito sobre ser empreendedor.

A partir de uma necessidade de trabalhar por conta própria ou fazer um caixa adicional para fechar as contas, é que milhares de reais giram a economia diariamente através de pequenos e médios empreendedores.

Esses profissionais atuam na área de serviços, produtos, tecnologia, inovação e até construção de forno a lenha pizzaria. Em todas essas configurações, eles promovem a acessibilidade desses serviços e a inovação dentro de seus nichos.

Definindo empreendedorismo

A definição mais comum do termo é a de que o empreendedorismo é a capacidade de uma empresa ou um profissional em visualizar problemas do cotidiano e, a partir de inovações, realizar a criação de um novo modelo de produto ou serviço.

Seja uma empresa disruptiva, isto é, que apresenta uma nova grande tecnologia, ou produtos artesanais feitos em casa e vendidos dentro da comunidade dos empreendedores, em ambos os casos, são essas pessoas que geram mudanças reais no dia a dia.

Grandes empresas já consolidadas no mercado tendem a inovar menos, com produtos estabelecidos e processos engessados. Já um empreendedor está sempre revendo os detalhes de suas ações e procurando brechas que podem valorizar a mercadoria.

Também se espera de empreendedores a procura por novos mercados, seja através da criação de uma nova necessidade com o marketing ou com a percepção de um desejo do mercado.

Tal como uma creche boa pra cachorro surge como novidade e conquista consumidores.

Exatamente por conta desse espírito inovador do empreendedorismo que a lógica desse conceito pode ser explorada tanto no mercado quanto internamente nas empresas. Gestores de recursos humanos podem e devem estimular o intraempreendedorismo.

É esse caráter que pode trazer um novo ar para mercados tradicionais e alçar bons profissionais para os cargos mais importantes de seus setores.

As inovações presentes no empreendedorismo atuam em toda a cadeia produtiva, desde a captação de recursos até a comercialização, passando por todos os processos de produção e divulgação. 

Definição de empreendedor

O crescimento do empreendedorismo mudou de forma consistente a imagem geral que as pessoas têm do empresário.

Se antes imaginavam-se ricos de ternos caros, que viviam a partir do gerenciamento do trabalho alheio, hoje o empresário está mais próximo da vida real.

A mãe que fazia sucesso na festa de família com seus doces, começou a vendê-los, a menina que se vestia bem passou a dar consultoria de moda, o menino que aprendeu a fotografar vende ensaio feminino externo criativo, e assim por diante.

Apesar do empreendedorismo estar tão difuso no cotidiano das pessoas, ninguém nasce com o empreendedor dentro de si, mas os indivíduos aprendem lições importantes, tanto através do estudo quanto a partir do conhecimento empírico adquirido com experiências.

Muitas vezes, o empreendedorismo é encarado até como dom, essa visão romântica pode não ser totalmente verdadeira, mas carrega uma verdade. Conforme se vive, é possível adquirir habilidades e descobrir talentos que serão fundamentais na hora de empreender.

A comunicação, o convencimento, a organização e o jogo de cintura necessários para o trabalho de um empreendedor podem ser praticados ao longo de uma vida toda, até sem que se perceba.

Ou seja, o empreendedorismo permite que a maior gama de pessoas cresçam profissionalmente se dedicando ao seu projeto pessoal de marcenaria para lojas de forma integral ou associada a um emprego.

Esse grau de empoderamento vem em um momento de redução dos direitos trabalhistas e a diminuição de vagas de emprego, tanto em qualidade quanto em quantidade. Nesse cenário, o empreendedorismo cresce como uma solução acessível e engrandecedora.

O empreendedor é, por natureza, um ser social. Na verdade todos os seres humanos são, mas em especial quem empreende busca conviver e compreender o mundo ao seu redor seja para construir uma rede de contatos ou observar tendências do mercado.

Ao buscar por números, compreendemos que um empreendedor passa por um processo de maturação: entre 3 e 4 anos, as empresas tendem a gerar menos resultados e o profissional tende a cometer erros, o que é normal nesse processo.

O início de uma trajetória empreendedora é o período mais delicado, não é à toa que a maioria das empresas estão atualmente nesta fase, e boa parte delas não passam por esse filtro temporal.

Quem empreende não pode se dar ao luxo de acreditar em ilusões, e fechar a vista do futuro do seu empreendimento com uma persiana romana quarto pode fazer escapar informações importantes para que se possa tomar a decisão correta.

Dicas para começar a empreender

Em geral, para que um empreendedor alcance resultados em seu trabalho, é preciso reunir uma série considerável de qualidades:

  • Alto nível de sociabilidade;
  • Capacidade de observação da conjuntura;
  • Habilidade em projetar cenários futuros;
  • Confiança na qualidade do próprio serviço ou produto;
  • Capacidade de organização;
  • Resiliência para encarar os momentos de crise;
  • Coragem de tomar decisões arrojadas.

Muita gente pode achar que o empreendedor é um sonhador. Nos casos mais desafiantes, até a sanidade mental dele pode ser questionada, mas não se trata exatamente de um sonhador, e sim, da capacidade de observar um cenário e propor uma solução disruptiva.

Empreender é uma ação que pode ser feita e precisa ser realizada com segurança. Por mais que seja animador pensar em um futuro potente, os riscos precisam estar muito bem diagnosticados.

Com esse controle, é possível manipular as variáveis que estão ao alcance da empresa, e a partir disso, reduzir o valor total de prejuízo nos momentos ruins e maximizar os lucros no momento certo. 

É uma minoria dos empreendedores que possuem verbas para começar essa empreitada com funcionários ou parceiros, isso faz com que o trabalho desse profissional seja multidisciplinar. 

Ou seja, empreendedores compram, vendem, produzem e divulgam, dominando todo o processo produtivo do seu negócio.

Uma característica fundamental do empreendedor é a capacidade de comunicação, seja para vender no popular porta a porta ou comunicando para seguidores da sua marca nas redes sociais.

Quando se produz um novo e inovador produto para limpeza de piso industrial, é preciso que as pessoas saibam desse novo produto, o marketing para o empreendedor, seja qual for sua área de formação, é fundamental.

Nem sempre é necessário um vasto conhecimento em marketing, mas conhecer conceitos como persona, público-alvo, prospecção, investimento em anúncios e branding é básico para que o empreendedor crie uma marca lucrativa e consolidada.

Uma empresa deve construir uma marca, porque é através dela que se pode estabelecer um relacionamento com o público mais propenso a investir em um produto desse universo.

Também é importante ressaltar e relembrar que nem tudo são flores no dia a dia do empreendedor. Quando se propõe a trabalhar com ensaio de aniversário 15 anos, é preciso compreender que haverão muitos desafios nessa jornada.

Para driblar esses momentos mais duros, é preciso levar muito a sério duas palavras: resiliência e planejamento. Quando o balanço se revela em negativo, é a hora em que um bom empreendedor se destaca, ao invés de se desesperar.

Revisar processos, ampliar ações que geram mais retorno, cortar gastos e agir para aprimorar todas as ações com confiança e coragem vão ser atitudes definitivas para definir o futuro de um empreendimento. 

Considerações finais

Muitas vezes, o empreendedorismo é um farol de esperança para trabalhadores que buscam viver em melhores condições, ter uma renda extra e explorar seus talentos.

Em momentos de crise no mercado de trabalho, é a inovação dos pequenos empreendedores, como uma fábrica de avental garçom personalizado, que mantém o mundo do trabalho oxigenado.

Para desfrutar de todo esse benefício, é preciso de muito preparo tanto teórica quanto praticamente, além da segurança para se organizar e se jogar em uma carreira sem patrão, mas com muitos riscos e tarefas.

O empreendedor é o profissional que traz a inovação para a sociedade, seja no produto ou serviço entregue, bem como na forma de entrega.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Direto da Redação

Tudo em Um é um portal de notícia conceituado e de muito valor agregado quando o foco é informar e compartilhar conteúdos de extrema qualidade informativa. Tenha certeza de que está no Portal de notícias certo para consumir conteúdo de qualidade.

View all posts by Direto da Redação →