8 de dezembro de 2022

Dicas para melhorar o aprendizado de novos idiomas

5 estratégias para potencializar os estudos e começar a falar uma nova língua mais rápido

Ler e falar uma segunda, terceira e até quarta língua são diferenciais e tanto. Não só pela inegável importância nos ambientes de trabalho e de estudo, mas também por aumentarem a nossa capacidade de comunicação em variados contextos. Mas aprender pode ser um desafio, especialmente se já somos adultos.

A ciência diz que é mais fácil aprender outros idiomas na infância porque o cérebro ainda está em formação e a capacidade linguística se desenvolve mais rápido. Não só por isso, também porque nessa fase a gente costuma ter menos medo de errar e mais tempo livre para praticar.

Por isso, ao se matricular em uma aula de inglês para iniciantes (ou de qualquer outro idioma), é preciso estar disposto a ser um pouco mais criança. Mas, ao mesmo tempo, ter a responsabilidade e a disciplina dos adultos é um trunfo. As dicas abaixo podem ajudar.

Tenha contato com a língua diariamente

Antes de começar a memorizar as palavras e regras do novo idioma, o cérebro precisa se familiarizar com o som e o ritmo da nova língua. Por isso, é interessante intensificar o contato com ela, pelo menos uma hora por dia, todos os dias.

Essa dica faz parte da metodologia de várias escolas que oferecem curso intensivo, justamente porque é muito eficiente para acelerar o aprendizado. Esse contato não precisa, necessariamente, ser estudando, pode ser falando com alguém, assistindo a um filme, ouvindo música ou um podcast na outra língua.

Use a legenda na língua que está aprendendo

Assistir a filmes e vídeos é uma ótima forma de manter o contato com a nova língua e também, por si só, outra estratégia para acelerar o aprendizado. Assim que você já tiver ganhado um pouco de vocabulário, passe as legendas também para o idioma estudado. Assim você treina, ao mesmo tempo, o ouvido e a leitura.

Uma dica para quem ainda é iniciante e pode não conseguir entender o filme todo na outra língua, é assistir o mesmo conteúdo mais de uma vez. Na primeira vez, com legenda em português e, quando você já estiver familiarizado com o conteúdo, para treinar o idioma novo.

Mude o idioma no celular e computador

Essa é uma estratégia simples, mas muito eficaz, especialmente para quem passa muito tempo nas telas. Ao alterar o idioma dos seus dispositivos você vai ter contato o dia todo com a nova língua, aprendendo e reforçando, quase que automaticamente, as palavras que mais usa nos aplicativos e ferramentas.

No início, fazer isso pode ser desafiador, mas dentro de alguns dias você se acostuma. Tenha sempre um tradutor instalado para te ajudar com os desafios práticos quando não entender uma palavra. Assim, você também vai aumentando o vocabulário.

Pratique sem medo de errar

Praticar é parte essencial do aprendizado de qualquer nova língua, ou seja, é preciso falar e escrever no novo idioma, não apenas ouvir e ler. E, como em qualquer coisa que você está começando, inevitavelmente, vai errar. Faz parte, afinal  você está se comunicando em outra língua.

Uma dica é perder o medo de errar e outra sugestão é aprender com os erros. Se você tem um amigo ou professor por perto, peça para a pessoa te corrigir e leve esses apontamentos em consideração na próxima vez. Sem se sentir repreendido, mas ajudado.

Fale sozinho na outra língua

A recomendação para reforçar o idioma na mente e também para ficar mais confortável para falar com as pessoas é falar sozinho. Assim, seu cérebro se familiariza com a sua própria voz em outra língua, o que o deixa mais confortável para aprender. 

Muitos alunos relatam que, na medida em que o aprendizado avança, começam até a sonhar no outro idioma. O que é um ótimo sinal de que o cérebro está assimilando.