20 de maio de 2024

O papel das finanças descentralizadas nos games

Também chamadas de DeFi, as finanças descentralizadas permitem aos adeptos dos games terem mais possibilidades de ampliarem seus lucros

Quando falamos do universo dos games atrelado ao mercado financeiro, é preciso entender que na atualidade existem alguns jogos interligados com blockchain, chamados GameFi.

Essa tecnologia mudou a economia tradicional dos jogos. Se antes os usuários apenas pagavam para jogar, agora eles também podem jogar para ganhar recompensas extremamente lucrativas.

O Bluzelle, por exemplo, é um dos blockchains para GameFi mais utilizados pelos jogadores, pois foi desenvolvido com o propósito de proteger a propriedade intelectual de criadores de conteúdo. Além disso, torna-se um meio seguro de realizar transações e adquirir recompensas devido ao progresso dentro de determinado game.

Por ser um universo ainda pouco difundido para o grande público, preparamos um conteúdo especial para te ajudar a entender melhor o tema.

Qual é o papel da DeFi no mundo dos games?

Como falamos, a GameFi mudou o modo tradicional de jogar, pois além de jogar, é possível competir, comprar atributos dentro do jogo e ganhar dinheiro através disso.

Na prática, isso significa que dentro do jogo determinado artigo ou atributo pode transformar-se em um ativo, como um NFT, por exemplo. Nesse caso, o usuário dono deste artigo pode vender, alugar, multiplicar ou até mesmo manter o item à espera de dias melhores para fazer o melhor negócio possível.

As negociações 

É importante ressaltar que cada jogo funciona de uma forma e tem sua mecânica dentro da blockchain. Entretanto, de modo geral, é possível estabelecer uma estratégia e avaliar todas as oportunidades existentes para ganhar dinheiro através dos tokens não fungíveis.

O grande lance nessas negociações é que o jogador pode aproveitar os games ao mesmo tempo que desenvolve uma estratégia para conquistar uma renda adicional a partir dos seus NFTs.

Algumas das transações mais comuns são: venda de tokens de acordo com o seu desenvolvimento dentro do game; recompensa por encontrar determinado item; venda ou aluguel de propriedade de terra virtual; e outros que só são possíveis por conta da integração desses jogos com DeFi.

Fidelização do jogador 

Na GameFi, a aposta está se tornando um elemento fundamental que sustenta a economia e o ecossistema do jogo, bem como retém e fideliza o jogador.

Isso significa que apostar tokens em determinado jogo, além de manter o usuário ativo dentro do game, fará com que os ativos permaneçam em circulação e tenham a liquidez necessária. Dessa forma, os games aplicam benefícios adicionais aos jogadores que ali já estavam, bem como atraem novos players fazendo a economia do game girar.

NFTs mais acessíveis

Uma grande mudança das finanças descentralizadas no universo dos games foi a possibilidade de tornar NFTs mais acessíveis. Isso acontece através do compartilhamento dos ativos do jogo, que fracionam esses tokens entre vários usuários, tornando-os mais populares para jogadores que não podiam pagar para comprar seu NFT.

Além disso, nem todos os jogos blockchain são gratuitos. Você precisa comprar um NFT para começar a jogar. Não raro, o preço de entrada é extremamente alto e fora do alcance da maioria dos usuários. Para resolver esse problema, surgiram os aplicativos que dividem o custo do NFT, gerando esse compartilhamento de token e tornando o jogo mais acessível.

Mais jogadores no futuro  

A principal perspectiva nesse mercado é que os jogos blockchain atrairão novos usuários para DeFi. Isso porque a integração entre DeFi e GameFi segue sendo benéfica para ambos os lados, pois os jogos recebem ferramentas para desenvolver sua economia, e os usuários podem se beneficiar dessa facilidade para iniciar no mercado, aprender como usá-lo e buscar rentabilidade através de possíveis lucros.

Em resumo, o papel das finanças descentralizadas nos games tem sido fundamental para a expansão do mercado e o crescimento de novos jogos e jogadores, além de ser mais uma possibilidade de investimento dentro de um outro tipo de segmento de mercado, que também visa o lucro com uma grande gama de possibilidades.