7 de agosto de 2022

Quais são os 4 P’s de marketing e como aplicar no seu negócio

Saber quais são os 4 P’s do marketing faz parte de um dos conceitos mais conhecidos e  usados por qualquer empresa que queira divulgar uma campanha de mídia. 

Em uma era de transformação digital e avanços tecnológicos crescentes no mercado, pode parecer estranho contar com uma estratégia criada na década de 1960 para o sucesso. 

Mas os 4 P’s do Marketing continuam sendo muito importantes para elaborar estratégias e abordagens bem sucedidas, seja dentro ou fora da web. 

É por isso que, no texto que começa agora, vamos explicar o que são os 4 P’s, qual é o papel deles no inbound marketing, como você deve usá-los e muito mais. Confira já!

O que são os 4 P’s do Marketing? 

Os 4 P’s do Marketing fazem parte de um dos conceitos mais fundamentais e importantes de qualquer estratégia de promoção e distribuição de marcas, produtos ou serviços.  

Na verdade, ele representa os quatro pilares básicos para poder transmitir sua mensagem aos interessados em cursos profissionalizantes de forma mais eficaz.

Para isso os p’s representam quatro elementos que devem ser avaliados na estratégia, sendo o produto, o preço, a praça e a promoção. 

A ideia é saber posicionar o produto certo para o seu público-alvo no local certo, ao preço ideal, e assim promovê-lo de forma mais eficaz para ter impacto nos consumidores.  

Não basta lançar um produto e tentar vendê-lo em qualquer lugar. Ao analisar adequadamente cada pilar, seus resultados tendem a ser muito mais satisfatórios.  

No entanto, a teoria é muito mais simples do que a prática, e por isso é necessário conhecer mais sobre cada um dos pilares. 

Produto 

O produto indica o principal ativo que uma empresa tem a oferecer. Isso pode significar não apenas um item específico à venda – como roupas ou piso de concreto polido – mas também um serviço.  

Nesta fase, é fundamental perceber em que fase do ciclo de vendas os clientes se encontram, o que contribuirá diretamente para a eficácia das suas ações promocionais e campanhas. 

O cenário ideal é conseguir entender as necessidades e desejos do consumidor para chegar ao produto mais benéfico para ele. 

Preço 

Outro pilar é o preço, que representa o valor que um consumidor terá que pagar para poder adquirir o produto oferecido pela sua empresa.  

Esse é um tema de extrema importância para qualquer segmento de negócio, principalmente quando se trata da saúde financeira de longo prazo, pois a escolha do preço afeta diretamente as finanças da gestão condominial

Em última análise, é importante encontrar um equilíbrio entre um valor que cubra os custos de fabricação do produto e, ao mesmo tempo, caiba no orçamento da sua persona.  

O desafio é conseguir uma margem de lucro que seja satisfatória para ambas as partes, pois não adianta vender muito se o produto, na prática, não se paga. 

Praça 

Praça é o termo de marketing que designa o local em que um produto é vendido. Com a transformação digital, essas possibilidades se expandiram ainda mais. 

Hoje, não é preciso se limitar ao espaço físico, graças a e-commerces ou marketplaces

Aqui, o mais importante é identificar o comportamento do consumidor, como os de uma assistência técnica informática, por exemplo.

A partir desta resposta, pode-se perceber qual o melhor local para divulgar o seu produto. Escolher o ponto de venda certo também afeta diretamente o desempenho de suas campanhas. 

Promoção

As promoções não representam uma oferta ou desconto mais barato para o consumidor, mas sim quais ferramentas serão utilizadas para divulgar seu produto até que ele chegue ao público-alvo.  

Portanto, são ações de comunicação e marketing para divulgar os benefícios de uma cirurgia de prostatectomia radical, por assim dizer. 

Em um ambiente digital isso significa usar as mídias sociais para engajar e divulgar seus produtos ou até mesmo uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) para se destacar.  

É importante entender o comportamento do consumidor nesse pilar para avaliar qual é a melhor forma de contato e causar o impacto ideal. 

Como usar os 4 P’s no marketing? 

Agora você vai entender como os 4 P’s devem ser usados em uma campanha de marketing.  

Entenda seu público 

O público-alvo de uma empresa de laudos técnicos deve ser determinado por meio de pesquisa de mercado, segmentação (área geográfica, por exemplo) e perfil comportamental. 

Existem ferramentas digitais que disponibilizam este tipo de dados para pequenas empresas. Dessa forma, é possível criar uma persona (representação fictícia de consumidores ideais). 

Defina as principais metas e tenha objetivos claros 

Conhecendo as necessidades, pontos problemáticos e hábitos das pessoas, fica mais fácil definir metas e objetivos para o marketing. Para isso, é possível considerar e responder alguns questionamentos como:

  • Como gerar comprometimento, fidelidade ou proximidade com o cliente?
  • Como aumentar as vendas de produtos ou serviços? 
  • Como posicionar a empresa como padrão e autoridade de mercado? 

Cada campanha tem objetivos específicos, cabe a você identificar as necessidades do seu negócio. 

Envolva a equipe nas definições 

As definições do mix de marketing são muito mais bem-sucedidas quando a equipe está envolvida nas decisões, em vez de ser apenas comunicada pelos gerentes de cima para baixo. 

A liderança na administração de condomínios residenciais é importante. Mas são os funcionários que conhecem a realidade da empresa, estão em contato com os consumidores e conhecem suas dores. Portanto, eles podem fornecer informações valiosas. 

Além disso, quando eles estão envolvidos nas decisões, há um melhor entendimento do caminho que a empresa quer seguir e tendem a se sentir mais engajados e motivados. 

Faça pesquisa de mercado 

A pesquisa de mercado inclui o conhecimento de consumidores e concorrentes. Neste caso, você fará uma análise sobre as estratégias de marketing utilizadas por outras empresas. 

Já para conhecer o seu consumidor, fazer enquetes rápidas de mídia social são um ótimo recurso. 

Crie uma estratégia diferenciada 

Outra dica importante é analisar as ações de marketing utilizadas por outras empresas para identificar algo que elas não identificam, como: 

  • Nichos de consumo; 
  • Oportunidades de negócios; 
  • Tendências; 
  • Locais pouco explorados. 

Pode ser algo simples, mas, ainda assim, surpreende os consumidores. Por exemplo, uma resposta rápida nas redes sociais, um post com histórias inspiradoras baseadas nos fatos vivenciados pelo público-alvo, etc. 

Determine o seu posicionamento 

Qualquer empresário só consegue rentabilizar um negócio quando tem uma missão clara, ou seja, um objetivo para o qual está trabalhando. 

Estabelecer o objetivo central do empreendimento de laudo de responsabilidade técnica se mostra muito efetivo para direcionar os negócios. 

Por que usar os 4 P’s? 

Por fim, veja de que formas os 4 P’s influenciam positivamente o seu negócio. 

Planejamento mais claro 

Cada um dos pilares do marketing influencia em um preço justo para um produto que aborda a dor do público em local de fácil acesso e facilita a promoção dele. 

Cada um dos processos está totalmente conectado ao outro. E quando eles se equilibram, sua estratégia fica mais assertiva e funcional. 

Quando pensar em alterar alguns dos Ps do marketing (ex: preço), você considerar todo o resto, para continuar a manter esse equilíbrio. 

Ajuda no desenvolvimento de novos produtos 

Quando você está usando os 4 P’s do marketing para desenvolver uma estratégia para seu produto atual, é normal ter ideias para criar novos produtos.

Isso é natural porque você analisa seu plano de marketing de forma mais ampla e vê pontos cegos que seu produto atual não cobre. Este novo produto em breve terá um novo plano com P’s diferentes. 

Diferencia da concorrência 

É importante descrever não só os seus Ps de marketing, mas também os dos seus concorrentes. Dessa forma, você conhece seus pontos fortes e fracos, quais são seus pontos cegos e onde você pode ganhar força com mais facilidade. 

Além disso, também ajuda a sua empresa a atuar em diferentes áreas em que os concorrentes não estão.  

Ou, se você opera nos mesmos territórios, os 4 Ps do marketing o ajudarão a agir de maneira diferente e obter uma vantagem competitiva no mercado. 

Empresa mais dinâmica 

Uma empresa bem preparada está pronta para colher os frutos do bom trabalho, mas também se prepara para os contratempos. 

No contexto de crise económica que o nosso país atravessa, a sua empresa deve estar preparada para responder a qualquer situação.  

Quando ela entende todos os fatores que podem afetar cada um dos 4 Ps do marketing, ela está mais bem preparada. 

Considerações finais 

Desde a década de 1960, quando foram criados os 4 Ps do marketing, eles passaram por muitas transformações.  

A internet mudou a relação entre marcas e consumidores e destacou o marketing digital nas estratégias de negócios. 

Por isso, é fundamental entender o cenário digital na vida dos consumidores e como isso afeta seus hábitos e decisões.  

A comparação de preços na Internet é muito mais rápida, pelo que é necessário estar sempre atento aos movimentos do mercado para se manter a par dos preços. 

A experiência do produto é outro exemplo: como não é possível usar os sentidos físicos na Internet, é necessário criar os meios para que o produto seja exibido na tela do celular ou do computador. 

A distribuição dos produtos deve levar em consideração todas as possibilidades dos próprios canais de venda, como marketplaces, redes sociais e e-commerce. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos