7 de agosto de 2022

SEM e SEO: quais são as diferenças e como podem ajudar seu negócio a crescer?

Você sabe quais são as diferenças entre SEM (Search Engine Marketing) e SEO (Search Engine Optimization)?

Na prática, SEM e SEO são duas maneiras diferentes de alcançar público para um site, sendo que as estratégias podem se complementar por uma ser voltada a comercialização da página enquanto a segunda para a otimização e melhora do domínio como um todo.

Isso porque o SEM envolve o uso de anúncios pagos para que seu site apareça no topo dos resultados dos mecanismos de pesquisa. Ele também é conhecido como PPC (Pay Per Click) ou marketing de busca paga e é baseado em sistema de leilão de termos.

Já o SEO, ou otimização do motor de busca, por outro lado, é um processo de otimização do seu site para que ele tenha uma classificação mais alta nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa sem ter que pagar. 

Ou seja, ambos visam o posicionamento, o que muda é o formato de obtenção deste resultado, sendo o pago mais ágil e o orgânico que pode demandar mais tempo para maturação.

Na sua estratégia de negócios, ambos são essenciais, para diferentes propósitos e, por isso, é preciso entender melhor cada um deles separadamente para aplicá-los da melhor forma

O que é SEM?

Search Engine Marketing, ou simplesmente SEM, é uma estratégia de marketing que usa táticas pagas para aumentar a visibilidade de um site nos motores de busca como Bing, Yahoo e, principalmente, o Google.

Com a publicidade de pesquisa paga, as marcas compram espaço publicitário nos mecanismos de pesquisa para divulgar desde cirurgia de vesícula até bens de consumo duráveis e de uso contínuo.

Em vez de tentar classificar nas primeiras posições para palavras-chave específicas e obter tráfego gratuito, você paga para que seu site apareça no topo dos resultados de pesquisa para alguns termos e semânticas semelhantes.

Uma estratégia SEM inclui colocar anúncios em mecanismos de pesquisa e definir um orçamento que pague por esses anúncios por determinado tempo.

O Google Ads é o provedor de pesquisa comumente usado para essa estratégia, em que as marcas realizam pesquisas de palavras-chave e executam campanhas que segmentam aquelas que são relevantes para os produtos ou serviços trabalhados.

Quando um usuário pesquisa essas palavras-chave, o anúncio personalizado é colocado no topo das SERPs (Search Engine Research Page) e a marca é cobrada por cada clique no anúncio.

O impacto do SEM é imediato, com marcas capazes de ver os próprios sites divulgando banho de prata para recuperação de joias no topo das SERPs assim que lançam uma campanha. 

Essa ação de anúncios SEM pode ser ativada a qualquer momento para melhorar a visibilidade, e isso as torna úteis para empresas que não são classificadas organicamente ou para ações mais pontuais e que demandam resultados rápidos.

O SEM também é bom para o reconhecimento da marca, pois coloca você no topo da lista toda vez que alguém realiza uma pesquisa.

Isso significa que você poderá atrair tráfego segmentado e, como está pagando pelos canais de anúncios, é fácil determinar seu ROI (Return Over Investiment), ou seja, o retorno sobre investimento de forma direta. 

Com o SEM, você também tem mais controle, pois pode escolher suas palavras-chave para garantir a classificação daquelas que se apresentam melhor e de acordo com as finalidades da sua empresa. 

O que é SEO?

Os serviços de otimização de mecanismos de pesquisa usam táticas orgânicas para melhorar a visibilidade de um site nas SERPs. 

O processo é feito para ajudá-lo a classificar seu site, seja de itens e serviços para churrasqueira pré moldada, para venda de brinquedos de plástico ou qualquer que seja o ramo de atuação ou tema abordado no blog. 

Ou seja, o objetivo é posicionar a marca  mais alta nos resultados de pesquisa. 

As pessoas raramente olham além da primeira página de resultados, portanto, se você não aparecer lá, não será uma opção.

Os mecanismos de pesquisa rastreiam o conteúdo da internet para ver quão eficaz é atrair tráfego. 

Eles avaliam vários elementos de um site, como palavras-chave, tags, velocidade e estrutura do site para determinar a capacidade de atrair tráfego orgânico, considerando, principalmente, os hábitos do visitante e o potencial de atender a necessidade entendida na pesquisa.

Alguns dos elementos essenciais que os rastreadores da internet procuram incluem:

  1. Conteúdo de qualidade

A publicação de ótimo conteúdo informa aos mecanismos de pesquisa que o site da sua empresa de tratamento de água, por exemplo, oferece bens ou serviços legítimos, bem como materiais que agregam ao visitante.

Para avaliar a qualidade do seu conteúdo, os mecanismos de pesquisa verificam sua estratégia de criação de links e as palavras-chave que você usou para desenvolver o material, bem como a profundidade e elementos que complementam o texto.

  1. Experiência do usuário 

O site da sua empresa foi projetado para oferecer aos visitantes uma experiência sem atritos? É fácil de navegar e as páginas carregam rapidamente? Os usuários podem acessar seu site a partir de dispositivos móveis? 

Os mecanismos de pesquisa recompensam sites projetados adequadamente com uma classificação mais alta nos resultados para facilitar que os usuários encontrem o que estão procurando online, como brindes personalizados para eventos corporativos.

  1. Padrões de links

Os mecanismos de pesquisa também verificam os padrões de links de um site para determinar sua reputação e autoridade. Backlinks de outros sites aumentam a credibilidade do site aos olhos dos motores de busca.

A implementação de SEO pode ser bastante barata, pois você não precisa pagar por posicionamentos de anúncios em SERPs. 

O processo pode até ser gratuito se você tiver a estratégia certa e conhecer mais sobre o tema.

Contudo, cabe ressaltar que não é uma ação fácil, pois você precisa dedicar um tempo para aprender sobre SEO e adquirir conhecimento técnico para a programação das páginas e tempo para a realização de materiais e parcerias.

É uma boa ideia contratar especialistas em mecanismos de pesquisa se você quiser que seu site dedicado ao serviço de escritório contábil gere conversões.

Semelhanças entre SEO e SEM

Uma semelhança significativa entre SEO e SEM é a segmentação de palavras-chave para direcionar o tráfego em um site. 

Embora o processo seja bastante diferente, ambos dependem do tráfego direcionado que se converte em leads. Os dois têm semelhanças, como explicado acima.

  1. Aumentando o tráfego do site

Ambos podem ajudar as marcas a direcionar um tráfego qualificado para seus sites e melhorar as classificações nos algoritmos materiais orgânicos ou anúncios pagos que orientam o usuário a visitar seu site. 

Se você combinar tags de títulos eficazes, meta descrições (SEO) ou cópia de anúncios eficazes (SEM) com informações relevantes que atinjam a intenção de pesquisa, você terá uma estratégia de marketing eficaz para aumentar seu tráfego a curto e longo prazo, obtendo melhores resultados e de forma contínua.

  1. Conhecimento da marca

SEO também é uma ferramenta eficaz para promover o reconhecimento da marca. Ter um posicionamento de anúncio orgânico e pago pode aumentar a exposição da empresa que desenvolve projeto elétrico residencial e melhorar a reputação da marca. 

O SEM geralmente não é uma solução viável no topo do funil de marketing, pois é caro. Por conta disso o SEM é usado no meio e fundo do funil, em que as palavras são mais segmentadas e alcançam públicos mais qualificados – mesmo que em menor volume.

Qual é o melhor para a sua empresa?

O que é bom para você, neste caso, depende da sua marca. 

Se você está lançando um novo site e deseja atrair tráfego direcionado enquanto trabalha em seu plano de SEO orgânico, considere implementar uma estratégia de SEM que o coloque na primeira página dos resultados de pesquisa. 

Pode levar anos para classificar alguns termos, e é por isso que você deve considerar uma campanha paga para trazer tráfego para seu site e aumentar o reconhecimento da marca até que o posicionamento orgânico ocorra.

Seu orçamento também determinará qual abordagem você usará para sua otimização de pesquisa. O SEO é mais barato e prepara você para o futuro, enquanto o SEM é mais caro, mas oferece resultados instantâneos. 

Os sites que utilizam o PPC obtêm tráfego instantâneo para seus sites, mas quando as campanhas pagas param, o tráfego desaparece.

Aqueles que usam táticas de SEO orgânicas obtêm tráfego gratuito para seus sites, bem como o benefício adicional do reconhecimento do setor de forma contínua. Mas isso pode demandar tempo.

Se você é uma empresa de aluguel de empilhadeira orientada por dados e gosta de tomar decisões com base na análise dos dados coletados, ambos podem ser acompanhados – mas o SEM tende a ser mais rastreável. 

Como você está pagando por cada clique no anúncio, você pode monitorar o tráfego gerado por esses anúncios e calcular seu ROI. Você também usará essas informações para suas próximas campanhas.

Com a coleta em mãos, as decisões e estratégias podem ser definidas com mais propriedade e otimizadas ao longo do tempo.

Melhore suas estratégias de SEO e SEM

SEM versus SEO são diferentes e fornecem respostas rápidas e fáceis. Por isso, muitos fatores precisam de consideração. 

Enquanto muitas empresas se concentram em SEO, outras apelam para o SEM, ao menos por um período de tempo.

Muitas vezes, a melhor estratégia é combinar as táticas de SEO e SEM. Todas essas considerações dependem de seus objetivos de negócios e seu orçamento de marketing. 

Na realidade, uma estratégia online de sucesso definitivamente tem tanto SEM quanto SEO, começando do básico, como anúncios de busca, até estratégias mais avançadas. 

Afinal, isso possibilita o alcance de usuários em diferentes fases do funil e de forma qualificada a longo prazo, com um orçamento mais controlado.

Conclusão

O SEM tem a ver com o uso de anúncios pagos para que seu site apareça no topo dos resultados do SERP. Nesse caso, você precisa lidar com campanhas de:

  • Cliques de usuários;
  • Gastos com anúncios;
  • Publicidade paga;
  • Visibilidade de pesquisa.

Essa pode ser uma maneira muito eficaz de direcionar tráfego para seu site, mas é importante lembrar que você precisa ter um site bem otimizado se quiser ver resultados reais.

É neste contexto que o SEO se destaca. Esse é um processo de otimização do seu site para ter uma classificação mais alta, trazer mais tráfego e ganhar visibilidade orgânica. Você não paga nada, aumenta sua autoridade de domínio e, claro, ganha valor com o passar do tempo. 

Mas, você ainda está se perguntando por que ambos são essenciais?

Em outras palavras, os resultados de pesquisa do Google são divididos em duas categorias principais: os resultados da pesquisa paga e os resultados da pesquisa orgânica. 

Então, você precisa estar onde quer que seu público esteja e se dispor nesses dois principais modelos permitirá que seu potencial cliente te encontre de alguma forma, ou seja impactado novamente por seu negócio, como em ações de remarketing.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.