8 de dezembro de 2022

Como escolher a melhor opção de escada para minha casa?

Formato, material e dimensões assertivas mantém as escadas como um item prático e seguro

Comuns em casas e apartamentos, as escadas são a maneira mais prática e segura de se locomover de um pavimento a outro. Diferente dos elevadores, o item possui um custo baixo de instalação e manutenção, além de funcionar em situações atípicas, como em casos de queda de energia.

A funcionalidade e a popularidade das escadas fez com que novos modelos surgissem no mercado, adaptando o item a diferentes tipos de imóveis. Antes de ir até um homecenter para garantir os materiais ou solicitar uma escada pré-moldada, é importante compreender os principais modelos, materiais e a sua indicação.

Pré-moldada ou construída?

Essa é a primeira questão que deve surgir quando o assunto são escadas, afinal, a resposta indicará todo o caminho adiante, que vai desde a escolha do material até o momento da instalação e utilização.

Os modelos pré-moldados tem como principal atrativo a praticidade. Basta que a pessoa escolha o tamanho e o estilo para ter acesso às peças que já se encontram estruturadas, como o próprio nome indica. A desvantagem aparece quando tratamos de personalização, afinal, não é possível adequar perfeitamente o item ao ambiente, tendo em vista que a moldagem já foi realizada previamente.

As escadas construídas demandam de mais tempo, escolhas e por vezes, de um maior investimento por parte do comprador. A vantagem para quem opta por esse modelo é a adaptabilidade ao ambiente, uma vez que é possível fazer desde a escolha do material até o tamanho para se ajustar perfeitamente ao imóvel.

Escolhendo o material

Após fazer a escolha do modelo, é necessário determinar o material no qual a escada é confeccionada. Atualmente, existem uma infinidade de opções no mercado, que abrangem desde os modelos pré-moldados até as escadas que ainda serão construídas. Abaixo, é possível conferir mais informações sobre os principais materiais usados:

Concreto

O concreto é o material mais indicado para quem busca resistência, durabilidade e fácil manutenção. Para tornar a estética mais agradável, é possível revestir a escada com peças de porcelanato ou cerâmica, harmonizando as características do revestimento com os demais aspectos do ambiente.  

Ferro

As escadas de ferro também são conhecidas pela sua resistência, entretanto, é necessário cuidado extra com a manutenção para que o material não se desgaste com a exposição a água e outros agentes. A dica para manter uma estrutura segura e durável é investir em revestimentos como mármore, granito ou até mesmo o vidro.

Madeira

A madeira é um material clássico quando o assunto são escadas, com elegância e durabilidade, ela entrega a resistência necessária para o dia a dia. A principal dica para não afetar as propriedades do material é investir em madeiras de qualidade e seguir os cuidados recomendados de higiene e manutenção.

Escolhendo o formato

Uma vez escolhido o material, basta selecionar o formato desejado para dar vida a nova escada. Em uma escolha assertiva, devem ser considerados a otimização do espaço, a segurança e a usabilidade do item, para só então pensar na elegância.

Os modelos principais passam pela escada reta, que é indicada para imóveis com idosos e crianças por ser mais segura, a escada em L ou U, que possui boa adequação em ambientes com baixa amplitude e a escada caracol, que se encaixa em espaços reduzidos, entretanto, necessita de atenção redobrada com a segurança!

Garantindo a segurança

Após realizar as principais escolhas, a escada deve ser instalada por um profissional da área, visando a durabilidade e a segurança, essencial para esse tipo de item. Além disso, é possível adicionar aspectos que contribuem para a prevenção de acidentes, como o corrimão e revestimentos antiderrapantes no piso.