8 de dezembro de 2022

Homens e a sua saúde mental

Como acontece com muitas estatísticas de saúde mental, é difícil saber se os números realmente representam o que está acontecendo. Eles podem apenas nos informar sobre problemas de saúde mental que foram relatados, muitos casos podem não ser diagnosticados. Isso pode ser especialmente verdadeiro quando se trata da saúde mental dos homens.

Existem outros indícios que podem nos dar uma imagem melhor do estado de saúde mental dos homens:

  • Os homens relatam níveis mais baixos de satisfação com a vida do que as mulheres.
  • Os homens têm menos probabilidade de acessar terapias psicológicas do que as mulheres: apenas 36% dos encaminhamentos para terapias de fala do NHS são para homens.
  • Quase três quartos dos adultos desaparecidos são homens.
  • Os homens têm quase três vezes mais probabilidade do que as mulheres de se tornarem dependentes do álcool e três vezes mais probabilidade de relatar o uso frequente de drogas.
  • Os homens têm maior probabilidade de serem detidos compulsoriamente para tratamento do que as mulheres.
  • Os homens são mais propensos a serem vítimas de crimes violentos (1,5 a mais do que as mulheres).
  • Os homens constituem a grande maioria da população carcerária. Há altos índices de problemas de saúde mental.

Por que os homens não falam sobre saúde mental?

As expectativas sociais e os papéis de gênero tradicionais desempenham um papel importante no motivo pelo qual os homens são menos propensos a discutir ou procurar ajuda para seus problemas de saúde mental. 

Sabemos que os estereótipos de gênero sobre as mulheres, a ideia de que elas deveriam se comportar ou ter uma determinada aparência, por exemplo, podem ser prejudiciais para elas. Mas é importante entender que os homens também podem ser prejudicados por estereótipos e expectativas.

Frequentemente, espera-se que os homens sejam os chefes de família e sejam fortes, dominantes e no controle. Embora essas coisas não sejam inerentemente ruins, podem tornar mais difícil para os homens pedir ajuda e se abrir.

Algumas pesquisas também sugerem que os homens que não conseguem falar abertamente sobre suas emoções podem ser menos capazes de reconhecer os sintomas de problemas de saúde mental em si mesmos e menos propensos a buscar apoio. 

Os homens também podem ser mais propensos a usar métodos de enfrentamento potencialmente prejudiciais, como drogas ou álcool, e menos propensos a falar com a família ou amigos sobre sua saúde mental. No entanto, há pesquisas que sugerem que os homens terão acesso à ajuda quando sentirem que ela atende às suas preferências e é de fácil acesso, significativa e envolvente.

A depressão é diferente para os homens?

Embora não haja um tipo diferente de ‘depressão masculina’, alguns sintomas são mais comuns em homens do que em mulheres. Isso inclui irritabilidade, raiva repentina, aumento da perda de controle, assumir riscos e agressão. Assim como os efeitos da ansiedade, a depressão também pode deixar a vida de um homem muito complicada.

Os homens também podem ser mais propensos a usar álcool e drogas para lidar com sua depressão, em vez de falar sobre ela. Eles também podem usar um comportamento escapista, como se entregarem ao trabalho.

O que posso fazer se estiver preocupado com minha saúde mental?

Se você quer algumas dicas sobre como ficar bem, comece iniciando um tratamento com um especialista na área. Fazer mudanças simples, como falar sobre seus sentimentos, manter-se ativo e comer bem, pode ajudá-lo a se sentir melhor.

Se você está preocupado em desenvolver um problema de saúde mental, converse com seu médico. Pode ser assustador, mas a maioria das pessoas descobre que falar com seu médico de família e obter ajuda e apoio pode fazer uma grande diferença em suas vidas.

Se você estiver em perigo e precisar de ajuda imediata ou com vontade de acabar com sua vida. Entre em contato com um médico especialista, temos certeza que a partir daí você vai se sentir melhor.

Existem organizações que oferecem aconselhamento e apoio prático e emocional. 

Estou preocupado com a saúde mental de alguém. Como posso ajudá-lo?

Se você está preocupado com um amigo ou parente, existem coisas que você pode fazer para ajudá-lo.

Deixe-os saber que você está lá para ouvi-los sem julgamento.

Alguém que está enfrentando problemas de saúde mental pode ter dificuldade em entrar em contato, então tente manter contato. Uma mensagem de texto ou um telefonema podem fazer uma grande diferença.

Informe-se sobre os serviços locais, como terapia ou grupos de apoio. Veja se há algum especificamente para homens, se você acha que eles preferem. 

Ajude-os a obter ajuda. Tranquilize-os de que não há problema em pedir ajuda e que o apoio existe. Você pode ajudá-los a entrar em contato com o médico de família ou acompanhá-los até a consulta, se assim o desejarem.

Se cuida. Cuidar de outra pessoa pode ser difícil, então certifique-se de levar em consideração o seu bem-estar também.

Como podemos observar, a saúde mental dos homens precisa de muito mais cuidado do que para as mulheres, se você está se sentindo assim procure agora por um médico especialista e inicie seu tratamento, temos certeza que você vai começar a se sentir bem melhor.