7 de julho de 2022

Osteoporose tem relação com a saúde bucal: Entenda mais

Você sabia sobre a relação entre a osteoporose e saúde bucal? A osteoporose afeta a saúde oral e sistêmica de uma pessoa. 

Ela possui reações orais que podem não ser notadas,  mas se forem observadas com antecedência pode ser interrompido o avanço da doença e não causar problemas na cavidade bucal. 

A doença reduz o nível ósseo na maxila e mandíbula. Na Odontologia todo o processo de remodelamento do osso, de forma saudável, é essencial para o sucesso nos tratamentos. 

Além do dentista precisar de um tecido ósseo firme e que suporta os dentes, é importante que o cirurgião-dentista saiba quais as condições através de um exame de imagem.

Por conta do risco dessas complicações, o paciente que sofre com osteoporose deve manter um cuidado impecável com a boca. As visitas de rotina ao dentista são essenciais para prevenir qualquer má condição aos dentes, principalmente a perda deles.

Entenda como as doenças bucais se relacionam com a osteoporose

Algumas das doenças bucais mais comuns na maioria das pessoas são: 

  • Cárie;
  • Doenças periodontais;
  • Gengivite;
  • Perda dos dentes.

Doenças como a cárie geram infecções nos dentes que são causadas pela presença de bactérias na boca. Essas bactérias formam uma espécie de placa dura no dentes.

Essas placas facilitam a chegada das bactérias na profundidade dos dentes. Isso, por sua vez, gera muito desconforto e dor, sendo necessário a busca por um profissional que indicará o melhor tratamento para o caso.

O tratamento para cárie envolve uma restauração, realizada pelo profissional dentista, removendo a cárie e o tecido inflamado. Depois ele cobre o dente com um material específico.

Já a doença periodontal é um termo para doença da gengiva. Se refere a muitas doenças da classe, incluindo gengivite, que é uma forma da condição, mas é mais comum para se referir à segunda e mais grave fase da doença, periodontite.

Sintomas de periodontite:

  • Mau hálito;
  • Inflamação da gengiva;
  • Dores;
  • Gengivas escuras;
  • Sangramentos na boca.

Para tratar a periodontite, uma  limpeza profunda e detalhada no consultório odontológico, o especialista pode receitar ouso de anti-inflamatórios, antibióticos e bochechos com enxaguantes bucais antissépticos. 

Causada pela falta de higiene bucal adequada, a gengivite pode levar a problemas mais sérios, incluindo a perda do dente. A doença também causa vermelhidão, sangramento e mau hálito.

O tratamento é um pouco mais simples. Uma boa higienização bucal por pelo menos 3x ao dia, o uso de fio dental e finalizar com um enxaguante bucal, na maioria dos casos, resolvem o problema.

As doenças citadas acima são as principais causas da perda do dente. No caso de um paciente com osteoporose, o tratamento se torna mais difícil, por conta da complexidade que os ossos têm em se regenerarem.

Excesso de açúcar, substâncias químicas, algumas doenças e acidentes são as causas frequentes do problema.

É importante identificar a causa do problema, junto a um profissional, para dar início ao melhor tratamento.

Implante dentário é uma opção. No caso dos pacientes com osteoporose, é importante um acompanhamento minucioso com os exames de imagem para identificar as opções.

Tratamentos estéticos que aperfeiçoam o sorriso

Os implantes são boas opções para quem quer manter uma boa aparência dos dentes. Inclusive, os consultórios odontológicos atualmente contam com um leque de opções para quem deseja melhorar a aparência do sorriso.

Tratamentos como a faceta dentária estão entre os mais populares, principalmente no meio dos famosos. Essa preciosa técnica é um procedimento odontológico que visa recobrir os dentes para melhorar sua estética e também a parte funcional do dente.

Uma das vantagens mais atraente é a durabilidade que esse tratamento entrega, chegando até 15 anos, além do sorriso harmônico que resgatam.

Existem alguns materiais indicados para cada caso, como a faceta em resina, que são colocadas sobre os dentes e possuem uma espessura ultrafina que proporciona um resultado natural e discreto.

Somado ao resultado estético impecável, elas  também ajudam a diminuir o desgaste dos dentes e evitam um grande acúmulo de placa bacteriana, melhorando a higiene e a saúde bucal.

Para quem quer alinhar o sorriso, mas sem ter que lidar com os braquetes, os alinhadores invisíveis são uma boa pedida. 

Transparentes e confortáveis eles são removíveis, facilitando a alimentação e limpeza dos dentes, além de ser compatível com outros tratamentos ao mesmo tempo.

Ele também proporciona uma maior percepção da progressão do tratamento, o que gera uma maior motivação ao paciente. O custo-benefício também é significativo, pois eles chegam mais rápido ao resultado desejado.

Outra opção discreta para quem quer alinhar o sorriso sem alterar a aparência geral do rosto é o aparelho ortodôntico transparente.

Feito em material que fornece uma estética mais reservada, eles são conhecidos como aparelhos estéticos, suas peças são feitas em material translúcido como porcelana, policarbonato e safira.

Esses materiais usados na fabricação dos aparelhos são muito resistentes e não se soltam dos dentes ou quebram com facilidade. Sendo essa outra grande vantagem no uso do aparelho dental transparente.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e retenção de funcionários.

Direto da Redação

Tudo em Um é um portal de notícia conceituado e de muito valor agregado quando o foco é informar e compartilhar conteúdos de extrema qualidade informativa. Tenha certeza de que está no Portal de notícias certo para consumir conteúdo de qualidade.

View all posts by Direto da Redação →