7 de julho de 2022

Principais zoológicos do Brasil

Em média, 30 milhões de visitantes passeiam anualmente pelos zoológicos do país

Um passeio que pode ser feito por toda a família é a ida ao zoológico. Além de ser uma oportunidade de aprender um pouco mais sobre a fauna e a flora, seja do Brasil, seja do mundo, é também uma ótima maneira de entrar em contato com a natureza (mesmo com uma certa distância).

De acordo com informações do Ministério do Turismo, o Brasil tem cerca de 84 zoológicos espalhados por todo o país. Se você está viajando de Gontijo para Belo Horizonte, por exemplo, é uma excelente oportunidade para ver de perto o zoo de lá.

Para facilitar a sua busca, separamos uma lista com os principais zoológicos presentes em terras brasileiras, um verdadeiro guia para quem deseja conhecer as mais diferentes espécies existentes.

Turismo nos zoológicos brasileiros

Segundo a Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB), em média 30 milhões de visitantes passeiam a cada ano pelos zoológicos do país. O número reflete a curiosidade do ser humano em conhecer diferentes espécies, tanto da fauna quanto da flora.

Esses espaços são considerados locais de preservação de espécies com risco de extinção, além de fornecerem “matéria-prima” para quem pesquisa sobre essa temática. Isso sem mencionar a parte didática, já que uma visita ao zoológico é uma verdadeira aula — tanto para as crianças, quanto para os adultos.

Bosque da Ciência (AM)

Localizado em Manaus e administrado pelo Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), o Bosque da Ciência é um ambiente para ter contato com a vegetação e os animais próprios da região da Floresta Amazônica. 

O local é focado na questão educacional, tanto que foi criado para a promoção de estudos ambientais relacionados à proteção da riquíssima biodiversidade própria daquela região. As principais atrações são as ariranhas, peixes-boi, tartarugas da Amazônia e jacarés.

Parque Zoobotânico Mangal das Garças (PA)

Às margens do Rio Guamá, no Centro Histórico de Belém, está localizado o Parque Zoobotânico Mangal das Garças. Visitá-lo é uma oportunidade única para conhecer tanto a riqueza amazônica quanto a história daquela região.

Árvores típicas, como o açaizeiro, a mangueira, o bacurizeiro e as aningas, estão presentes, assim como flamingos, garças e borboletas, numa área de 40 mil metros quadrados.

Zoológico de Salvador (BA)

Com destaque para a proteção de aves, o Zoológico de Salvador é considerado centro de referência em animais com risco ou em extinção, segundo informações do Ministério do Turismo. 34 das 158 espécies existentes no local se englobam nesta categoria e recebem cuidados especiais pelos técnicos.

Segundo o site oficial do zoológico, são 1.629 animais catalogados em 158 espécies (sendo 84 espécies de aves, 40 de mamíferos e 34 de répteis) — 92,4% delas são brasileiras.

Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (MG)

O zoológico da capital mineira fica localizado num dos principais pontos turísticos da cidade, a região da Pampulha. Junto com o Jardim Botânico e o Aquário do Rio São Francisco, este zoo tem cerca de três mil animais de 250 espécies, entre aves, mamíferos, répteis e anfíbios.

Um dos destaques é o projeto Expedição Coruja, no qual o visitante consegue ter acesso aos hábitos noturnos de alguns animais por meio de um passeio à noite pelo zoo com a supervisão de técnicos, tratadores e monitores.

Zoológico de São Paulo (SP)

Numa área de 900 mil metros quadrados de Mata Atlântica está localizado um dos maiores zoológicos do país, o de São Paulo. Lá também é possível fazer visitas noturnas e conhecer um pouco mais sobre os hábitos de animais como leão e tigre de bengala.

São três mil animais de diferentes biomas, com ênfase em espécies distintas como o tucano-de-bico-verde, bugio e bicho-preguiça.

Rio Zoo (RJ)

O zoológico do Rio de Janeiro, além de ser um dos mais antigos do país, é referência internacional no tratamento dos animais e na formação de visitantes mais conscientes.

Um dos atrativos é a chamada Experiência Animal, que oferece atividades como alimentação de bichos, visita guiada e um tour com falcões.

Zoológico de Brasília (DF)

Fundado antes mesmo da capital do Brasil, em 1957, o Zoológico de Brasília mantém 12 hectares de terra para a produção dos alimentos dos animais que ali residem. São 826 animais e 185 espécies de aves, répteis e mamíferos — algumas nativas do cerrado.

Borboletário, área para camping, playground e, é claro, o Museu de Ciências Naturais são outras atrações do zoológico que valem a pena serem apreciadas.

Vale lembrar que cada zoológico tem seu próprio horário de funcionamento e custo de entrada, bem como restrições relativas à vacinação (tanto de Covid-19 quanto de febre amarela). Portanto, é indispensável contatá-los previamente, seja por telefone ou pelos sites oficiais, antes de fazer a sua visita.

Direto da Redação

Tudo em Um é um portal de notícia conceituado e de muito valor agregado quando o foco é informar e compartilhar conteúdos de extrema qualidade informativa. Tenha certeza de que está no Portal de notícias certo para consumir conteúdo de qualidade.

View all posts by Direto da Redação →