7 de julho de 2022

Com quais profissionais é possível passar por teleconsulta?

A medicina online ainda é algo novo para os brasileiros. Essa modalidade só foi aprovada pelo Senado Brasileiro em abril de 2020 por meio da Lei 13.989, que passou a legalizar a telemedicina e a teleconsulta.

O objetivo dessa modernização, a princípio, foi reduzir o número de pessoas nos hospitais que, por conta da Covid-19, estavam superlotados. Contudo, mesmo após a retomada de controle, a procura por consultas médicas na modalidade online continuou a crescer.

Desde a aprovação da Lei, entre 2020 e 2021 mais de 7,5 milhões de atendimentos foram realizados, por mais de 52,2 mil médicos. Os dados apresentados foram coletados pela Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital.  

A mesma pesquisa mostra que, nos últimos dois anos, 91% dos pacientes atendidos de forma remota tiveram suas queixas resolvidas, sem precisar se dirigir a um pronto-socorro. Com isso, estima-se que 75 mil vidas tenham sido salvas.

Com a popularização do serviço, é fácil encontrar uma grande variedade de clínica médica integrada que realiza consultas remotas com diversos especialistas, atendendo as mais variadas necessidades e problemas de saúde.

Um atendimento online pode ser feito de forma prática, rápida e, muitas vezes, bem mais barata do que presencialmente. Para ser atendido, basta que um paciente tenha os seguintes itens:

  • Computador ou celular;
  • Boa conexão com a internet;
  • Aplicativo para consulta;
  • Ambiente silencioso.

Após possuir esses requisitos básicos, o paciente pode ser atendido, diagnosticado e, se necessário, encaminhado para fazer exames presenciais ou mesmo ser orientado a comprar as medições indicadas para o tratamento.

Com o sucesso da telemedicina, o pedido de aprovação da telemedicina veterinária passou a ganhar força no Brasil. Em 2020, o projeto de Lei nº 1.275 buscava dar aos hospitais veterinários a oportunidade de atender animais remotamente.

No entanto, a idealização ainda não foi aprovada pelo Senado, que alegou a impossibilidade dos animais relatarem os seus sintomas aos profissionais, como ocorre positivamente com os humanos.

Outro ponto alegado foi a necessidade de realizar exames para disponibilizar um diagnóstico preciso aos tutores. Entretanto, mesmo com as pontuações, espera-se que, um dia, serviços como oftalmologista de cachorros sejam feitos remotamente.

A inovação médica criada pela necessidade surgida com uma crise no sistema de saúde veio para ficar. Hoje, mesmo com a normalização do atendimento nos hospitais, boa parte das pessoas ainda opta pelos atendimentos remotos.

Um dos principais fatores que continuam promovendo essa demanda é a não necessidade de um convênio. Os atendimentos online podem ser pagos de forma particular e um valor  por consulta muito menor do que quando feitos em clínicas médicas e hospitais.

Vantagens de uma teleconsulta

As teleconsultas trazem muitos benefícios às pessoas que precisam de um atendimento, diagnóstico e prescrição médica rápidos. Contudo, essa alternativa também beneficia os profissionais da medicina.

Pela praticidade e não necessidade de um local físico, os médicos e donos de clínicas especializadas podem realizar as consultas para pessoas de qualquer estado do país, adquirindo os seguintes benefícios:

Economia de recursos

Por não precisarem de um consultório físico para o atendimento, automaticamente os profissionais da saúde não precisam contar com alguns recursos, como uma equipe de recepcionistas, enfermeiras e responsáveis pela limpeza da clínica.

Consequentemente, não demanda investimento em uma infraestrutura que conte com um painel, acessórios decorativos e equipamentos médicos necessários para a montagem da infraestrutura hospitalar.

Redução de custos

Tanto os pacientes quanto os médicos podem se beneficiar da redução de custos de uma teleconsulta. Para o público, o valor gasto em um atendimento online é muito menor do que um presencial, além de que não é necessário o gasto com a deslocação.

Para os médicos, não é necessário o custo com infraestrutura, despesas com alimentação, contratação de auxiliares e deslocamento até o local de trabalho. Todo o processo pode ser feito apenas com o auxílio da internet.

Maior acessibilidade

Como já mencionado, uma das vantagens da telemedicina é a abrangência de locais. Por meio desse método, um médico de um estado pode atender um paciente que está em outro estado, o que faz do aluguel sala coworking uma opção de ambiente adequado.

Além da acessibilidade territorial, ainda existe a acessibilidade econômica. Consultas online podem ser solicitadas por pacientes que possuem convênio ou por pacientes que irão efetuar o pagamento particular, por um preço bem atrativo e acessível.

Otimização de tempo

A otimização de tempo é, sem dúvidas, um dos diferenciais mais atrativos da telemedicina. Profissionais da saúde podem consultar muito mais pacientes pela rapidez do atendimento e da praticidade.

Além disso, os pacientes podem ser atendidos de forma rápida, sem sair de casa, sem pegar fila ou aguardar um tempo na recepção de uma clínica ou hospital, e sem a necessidade de agendar horários com dias e até meses de antecedência. 

Quais são os profissionais que atendem por teleconsulta?

Muitos especialistas já se adaptaram à nova possibilidade de atendimento. Hoje, uma variedade de clínicas e hospitais já oferecem a telemedicina como alternativa para consultas, diagnósticos breves, encaminhamentos e prescrições médicas.

Homens, mulheres, crianças e idosos podem ser atendidos por qualquer profissional, de forma remota, resolvendo o seu problema sem ao menos sair de casa. Entre as muitas opções de médicos que podem ser encontrados, as principais são:

1 – Ginecologista

Há muitas clinicas ginecologicas que já aderiram ao atendimento remoto. Com isso, muitas mulheres passaram a ter a facilidade para serem atendidas em consultas periódicas e até mesmo em um acompanhamento médico especializado.

Entre as diversas especialidades da ginecologia que podem ser exercidas de forma online, estão: sexualidade e libido, saúde dos seios, menopausa, tensão pré-menstrual, infertilidade, endometriose, ovários policísticos, além de doenças fúngicas.

Apesar da limitação do exame físico, as consultas online podem servir para um breve diagnóstico e orientação da medicação adequada para o tratamento. Já em casos mais graves, o atendimento presencial continua sendo primordial.

2 – Obstetra

O acompanhamento de uma gravidez é primordial para a saúde da mãe e do bebê que ela carrega no ventre. Porém, nem sempre o Sistema Público de Saúde consegue dar conta de atender todas as pacientes.

Além disso, o pagamento de um convênio pode não ser algo acessível para todas que necessitam dos cuidados pre natais. Por isso, a teleconsulta pode ser uma boa e econômica saída para se manter saudável durante a gestação.

A avaliação da saúde da mãe, o esclarecimento de dúvidas em relação aos sintomas sentidos durante a gravidez, além do acompanhamento na mudança do corpo são necessidades que podem ser supridas remotamente.

3 – Pediatra

Após o nascimento de uma criança, é normal que surja uma série de dúvidas nos pais, para que todas sejam esclarecidas, o apoio de um pediatra é essencial. Com a tecnologia, isso se tornou ainda mais prático.

Para pequenas avaliações e prescrições médicas, o atendimento online se mostra como uma boa alternativa para auxiliar na compreensão da saúde dos pequenos. Basta procurar uma das diversas opções de especialistas disponíveis e selecioná-la.

4 – Nutricionista

Ter uma alimentação saudável não é mais desculpa. Atualmente, com os teleatendimentos, muitos nutricionistas orientam pacientes e prescrevem dietas adequadas a cada organismo, além de orientarem quais alimentos podem fazer parte de um coffee break corporativo.

Há muitas clínicas que oferecem essa possibilidade, muitas vezes por um preço até mais acessível do que os feitos de forma presencial. Assim, com o auxílio da tecnologia, a saúde nutricional pode ser acompanhada com apenas uma busca na internet.

5 – Dermatologista

Embora não seja possível realizar exames ou testes alérgicos, por exemplo, os dermatologistas conseguem atender os pacientes de forma online e com êxito. Durante os atendimentos, há a possibilidade de realização de diagnósticos.

Em casos de problemas com acne, manchas ou verrugas, podem ser prescritos medicamentos específicos para o tratamento, e ainda compreender um pouco do histórico familiar do paciente que se encontra em tal situação.

6 – Psicólogo

O atendimento online dessa especialidade tornou-se ainda mais comum durante a pandemia, quando muitas pessoas passaram a adquirir problemas emocionais, como depressão e ansiedade, por conta do momento vivido.

Com um atendimento psicológico remoto, o paciente consegue ter os seus problemas ouvidos da mesma forma que acontece presencialmente, com praticidade e no conforto do seu lar.

Considerações finais

Adaptar-se à tecnologia, diante de uma era cada vez mais digital, é primordial para a evolução de diversos aspectos da sociedade, inclusive na medicina. Com a possibilidade de atendimentos online, muitas pessoas passaram a ser beneficiadas.

Além da acessibilidade, economia e otimização do tempo, há o conforto e precisão dos diagnósticos feitos a distância, limitados apenas pela impossibilidade da realização de exames mais específicos. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Direto da Redação

Tudo em Um é um portal de notícia conceituado e de muito valor agregado quando o foco é informar e compartilhar conteúdos de extrema qualidade informativa. Tenha certeza de que está no Portal de notícias certo para consumir conteúdo de qualidade.

View all posts by Direto da Redação →