8 de dezembro de 2022

Como economizar grana no dia a dia?

O aumento da inflação nos últimos anos obriga as pessoas a reverem seus hábitos diários a fim de eliminar desperdícios e, assim, economizar dinheiro. Confira algumas dicas de como fazer isso e conseguir chegar ao fim do mês sem dívidas!

A vacina contra a Covid-19 permitiu a reabertura ilimitada de estabelecimentos comerciais e a retomada de atividades econômicas total ou parcialmente interrompidas. Contudo, a inflação segue em alta em todo o mundo, incluindo o Brasil.

Novo relatório divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que a inflação brasileira segue entre as mais altas do mundo. Entre os países do G20, o Brasil fica atrás apenas da Argentina, Rússia e Turquia.

Nesse contexto, a população busca meios para poupar dinheiro e economizar no combustível – um dos itens que mais contribuíram para o aumento generalizado do custo de vida. Se você também está procurando meios de economizar grana no dia a dia, confira as dicas a seguir!

Controle do fluxo 

O primeiro passo para desenvolver disciplina financeira é saber exatamente a quantia de dinheiro que entra e sai da sua conta bancária. Por isso, comece anotando tudo o que você gasta a cada dia.

Pode parecer exagero, mas acredite: fazer uma tabela ou manter os gastos em um bloco de notas te ajuda a visualizar como estão os seus gastos, todos os cartões que foram utilizados (se for crédito quantas parcelas) e quais compras foram concluídas em dinheiro vivo.

Uma vez que você começa a manter esse controle diário, você vai passar a filtrar quais gastos são realmente necessários e quais podem ser melhor selecionados. Também é essencial verificar quais são as suas despesas fixas (como valor do aluguel, contas de internet, aulas de idioma, serviço de streaming, psicoterapia ou academia) e quais são variáveis (que podem mudar a cada mês, tais como gastos de água, eletricidade, gás, alimentação, entre outros exemplos). Veja quais despesas fixas estão sendo realmente aproveitadas e quais não – estas últimas devem ser eliminadas.

Avalie o combustível 

O combustível foi um dos itens em que o custo mais cresceu nos últimos três anos no Brasil, o que desencadeou um aumento generalizado do custo de vida – isso porque encarece os custos de entrega de todos os produtos.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustível (ANP), o preço do diesel foi o que mais subiu no primeiro quadrimestre de 2022, atingindo um preço médio de R$ 6,744 por litro na segunda semana de maio. Contudo, o aumento também é visto para a gasolina comum e o álcool.

Por isso, se o seu carro é flex, faça as contas para checar qual é o combustível que vale mais na relação custo-benefício. Além disso, baixe os apps dos postos de gasolina/bandeira nas quais você mais abastece, pois, a partir da ferramenta digital são oferecidos vários descontos.

Cupons de descontos 

Outra dica valiosa e simples é: fique de olho nos cupons de descontos. Essa tática tem se popularizado no Brasil e já é bastante tradicional e popular em países como os Estados Unidos.

Para obter esses cupons, você só precisa buscar na internet os sites que oferecem esses cupons – o que pode ser feito de modo gratuito. Fique atento para os tipos de produtos cobertos por cada cupom e o tempo de validade do mesmo. Essas informações constam no site em que você busca os cupons.

Lista de compras

Na hora de fazer compras, não se esqueça da velha dica: só vá ao mercado ou e-commerce de uma empresa com uma lista de compras. Isso é simples e muito eficiente para te ajudar a lembrar de quais itens você realmente precisa e evitar compras por impulso.

Ao comprar pela internet, não se esqueça de checar o custo do frete. Muitas vezes, o preço do produto em questão é vantajoso, mas o custo do frete pode encarecê-lo muito.