6 de dezembro de 2022

Como funciona a internet? – Entenda tecnicamente e de forma simples

Como funciona a internet? Como os melhores planos de TV funcionam com acesso a internet? Infelizmente, quando se trata de tecnologia da informação, é bastante comum cair no “jargão técnico”. A tecnologia da informação, portanto, acaba sendo uma área bastante complexa, que utiliza de termos únicos para determinar tudo àquilo que ela representa no mundo em que vivemos hoje.

Esse mesmo mundo, é dominado atualmente pelas conexões realizadas via internet. Mas, como funciona a internet nos termos mais técnicos? O que é uma rede? O que é a Web? No conteúdo de hoje, além de explicarmos como funciona a internet, vamos trazer outros detalhes sobre o assunto. Leia com a gente, vamos lá!

O que é a Web (rede)?

Web, quando traduzida para o português, significa rede. Como funciona a internet na web? Uma rede é um conjunto de computadores conectados uns aos outros (de fato em rede) com a finalidade de compartilhar recursos (por exemplo, uma impressora) ou trocar informações.

Antigamente, quando os computadores estavam localizados no mesmo local (um prédio, um campus, etc.), a conexão geralmente era feita por meio de cabos de cobre. Por outro lado, quando os computadores estavam distantes uns dos outros (espalhados em uma ou mais cidades, em um estado, em todo o mundo), a conexão ocorria por meio de linhas telefônicas.

Com o tempo, a tecnologia nos proporcionou melhores opções: atualmente, boa parte da internet no mundo funciona via wifi, através de conexão de alta velocidade fornecida pelos cabos de fibra ótica, mas ainda é encontrada via rádio e até mesmo cabo de cobre, a depender do quão longe é o local dos centros urbanos.

O que é a Internet?

Afinal, como funciona a internet? A Internet é uma “rede de redes”, ou seja, um sistema internacional de redes que por sua vez estão conectadas entre si e que compartilham os mesmos protocolos.

Foi justamente o desenvolvimento do mesmo sistema de regras, compartilhado pela maioria das redes e computadores, que permitiu a explosão do fenômeno da Internet, que desde o início se baseava no conceito de distribuição de informações e, portanto, de superação de qualquer diferença no sistema operacional e idioma usado pelos PCs que se conectam a ele.

Cada computador pessoal pode se conectar a Internet, independentemente da plataforma de hardware e software (Windows, macOS, Linux) utilizada. Agradeça esse detalhe a nada mais nada menos que Steve Jobs, que juntamente a rivalidade com Bill Gates fez com que os computadores pessoais chegassem em massa à casa de todos ao redor do mundo, iniciando-se dentro dos EUA.

Como funciona a Internet?

Afinal, como funciona a internet? A “Rede de Redes” funciona de acordo com a arquitetura cliente-servidor. Do ponto de vista do hardware, ou seja, do ponto de vista dos equipamentos informáticos que “fisicamente” caracterizam esta arquitetura, o modelo é bastante simples. Em uma única rede:

  • O servidor (ou server) é um computador no qual residem as informações e os serviços que a rede fornece aos seus usuários;
  • O cliente é um computador conectado permanentemente (no caso, por exemplo, de uma rede empresarial) ou esporadicamente (no caso de um computador que se conecta a Internet apenas em determinados horários do dia e apenas pelo tempo necessário para desenhar ou fornecer informações ou usar os serviços) para o servidor.

As coisas são um pouco mais complicadas do ponto de vista do software, ou seja, no que diz respeito aos programas que permitem a troca de informações, o gerenciamento de serviços etc.

Teoricamente, um grande número de programas pode ser executado de acordo com o modelo cliente-servidor, mas nem todos os programas são, de fato, usados na Internet. Por quê? Simples.

Na Internet são utilizados, na mais perfeita coerência com a filosofia da rede e com as potencialidades de protocolo anteriormente definido, sobretudo, programas capazes de operar independentemente da plataforma e sistema operativo que os computadores utilizam, algo que não seria possível ou que seria muito complicado com programas convencionais. O “boom” da Internet só foi possível por causa disso.

Estes programas se destinam à gestão de outros protocolos da Internet, que dizem, sobretudo, respeito à procura de informação, à troca de mensagens por correio eletrônico ou à recuperação de ficheiros (que podem ser textos, programas, imagens, sons ou vídeos) ou navegação pelos hipertextos da famosa Web.

Como a internet chega até minha casa?

Você já sabe como funciona a internet através dos termos técnicos, mas e como ela chega à sua casa, você sabe? Bem, esse é outro processo complicado, mas que quando analisamos de forma leiga, acontece de maneira simples: basicamente, quando você assina contrato com uma provedora, a mesma libera acesso de sua torre de transmissão de dados para seu roteador.

Assim, o cabo de fibra óptica que vai do seu poste até dentro de sua casa, posteriormente conectado ao roteador, transfere todos os dados em uma velocidade que se aproxima a da luz, fazendo com que todos os dispositivos de sua residência funcionem perfeitamente. Até a próxima!