29 de setembro de 2022

Direção elétrica ou hidráulica: como escolher a melhor opção?

Direção elétrica ou hidráulica: qual delas escolher? Essa é uma dúvida que surge na cabeça de muitas pessoas na hora de escolher um veículo. 

Vale ressaltar que a direção elétrica surgiu anos após a direção hidráulica. Porém, muita gente não sabe a diferença entre essas duas formas de direção. 

Portanto, se você vai comprar um veículo e também possui essa dúvida, faça uma pesquisa antes. 

Diante dessa necessidade, é importante entender que a realização de consultas veiculares on-line é uma forma simples de buscar essas informações. 

Atualmente, com o avanço da tecnologia começaram a surgir vários tipos de direção veicular. A direção elétrica e hidráulica são uma das melhores opções para os condutores.

Sendo assim, preparamos esse artigo completo para você compreender como escolher entre direção elétrica ou hidráulica. Acompanhe a seguir!

Direção elétrica ou hidráulica: conheça as principais diferenças

A princípio, você precisa entender que a direção hidráulica utiliza fluido para diminuir a força que o motorista faz quando está no volante. Esse processo é feito por meio da pressão que uma bomba hidráulica exerce. Por esse motivo, tem o nome de direção hidráulica.

No caso da direção elétrica é mais simples de compreender como funciona. Afinal, é um sistema em que um motor elétrico tem a função de aliviar a sensação ao volante

Direção elétrica ou hidráulica? Para você entender as características delas, continue sua leitura e veja as particularidades de cada uma delas abaixo. 

Direção elétrica

A direção elétrica surgiu a partir da necessidade de arrumar os problemas na direção dos condutores. O primeiro modelo de veículo a utilizar esse tipo de direção foi o Suzuki Cervo, em 1988. 

No entanto, esse modelo de direção começou a ser visto com frequência nos dias atuais. É possível encontrar uma grande quantidade de veículos nacionais com direção elétrica.

Na direção elétrica não há necessidade de utilização de nenhum modelo de fluido ou bomba auxiliar no movimento das rodas do veículo.

Normalmente, o sistema utiliza sensores que fazem a detecção das rodas e do volante, assim como a velocidade e a força que será utilizada na condução.

Sendo assim, você precisa entender que essas informações são enviadas a uma central eletrônica. Após a interpretação desses dados, a central comanda o motor elétrico que está acoplado na coluna de direção do veículo.

Dessa maneira, todo o esforço para realizar os movimentos da roda fica por conta dele. Assim, fica mais confortável realizar as manobras quando estiver na direção.

Direção hidráulica

A direção hidráulica é o sistema mais usual nos veículos nacionais. Essa direção, que muitos também conhecem pelo nome de direção assistida, foi vista pela primeira vez em 1951, no modelo Chrysler Imperial.

Esse modelo de sistema funciona por meio de uma bomba hidráulica que realiza a circulação de óleo na caixa de direção. Dessa forma, o motorista reduz o esforço durante a condução do veículo.

Devido a esse óleo que realiza a lubrificação, essa direção é bem mais leve do que a direção mecânica. Muitos a consideram até 80% mais leve. 

A direção funciona da seguinte forma: um pistão é ligado na engrenagem da direção. Assim, usa o fluido pressurizado que faz pressão para a roda girar com mais fluidez.

Portanto, você deve entender que a caixa de direção é separada por esse pistão em duas câmaras. Dessa maneira, quando o motorista gira o volante, uma válvula libera o óleo e a bomba faz a circulação do fluido hidráulico, que vai acionar o pistão.

Vantagens e desvantagens da direção elétrica

Primeiramente, você deve entender que a direção elétrica é um sistema com bastante praticidade. É um tipo de direção que não necessita de manutenção em excesso e gera mais conforto para o condutor. Confira algumas vantagens a seguir!

  • A direção elétrica exige menos do motor, pois gerencia melhor a energia do carro;
  • Economiza mais combustível;
  • É mais simples porque não necessita de uma série de acessórios mecânicos e nem fluído hidráulico;
  • A direção elétrica responde melhor a velocidade do veículo.

Em relação às desvantagens, a direção elétrica requer mais atenção, pois, em alguns casos, pode ocorrer uma pane elétrica na direção. Isso vai dificultar a condução do veículo, pois o manuseio ficará parecido com uma direção mecânica. 

E não é fácil encontrar mão de obra qualificada para resolver esse problema e, além disso, o custo para reparo é alto.

Vantagens e desvantagens da direção hidráulica

A direção hidráulica é vista como um sistema que garante bastante segurança para o condutor. Esse tipo de direção oferece uma sensibilidade alta com relação ao comportamento do veículo.

Fora isso, nesse modelo de direção, você não corre o risco de enfrentar transtornos, como pane elétrica, por exemplo.

Os veículos equipados com direção hidráulica possuem valores mais acessíveis do que veículos que possuem direção elétrica. Isso vale para o valor de compra e, também, para realizar a manutenção. A direção hidráulica oferece:

  • maior controle do veículo em relação ao sistema elétrico;
  • manutenção mais barata;
  • fornece melhor entendimento dos componentes do veículo, como a tração dos pneus.

No entanto, assim como a direção elétrica, a direção hidráulica também possui suas desvantagens

Mesmo que o custo da manutenção não seja tão alto como o custo da direção elétrica, os veículos que possuem direção hidráulica precisam de mais visitas ao mecânico. 

A manutenção desses veículos serve para trocar os componentes para o bom funcionamento do veículo. Entre esses cuidados estão a troca de óleo, mangueira, polia, alinhamento e balanceamento para melhorar a direção, entre outros cuidados.

Entre os problemas mais frequentes em veículos com direção hidráulica, estão: chiado constante, direção pesada, vazamentos nas mangueiras de baixa e alta pressão e, também, na caixa de direção

Conclusão

E agora, direção elétrica ou hidráulica? Como você pode acompanhar durante a leitura deste artigo, cada uma possui suas vantagens e desvantagens. Portanto, cabe a você analisar qual tipo de veículo vai querer para ter na garagem.

Vale destacar que, antes de realizar a aquisição do seu veículo, é importante ter um planejamento. Assim, você saberá exatamente se os custos do tipo de direção do veículo se adequam às suas condições. 

Como você viu, as duas direções são bem vistas pelos condutores. Sendo assim, guarde todas essas informações para escolher entre direção elétrica ou hidráulica. 

Com todos esses detalhes, certamente você vai encontrar um veículo com as necessidades que você está em busca.