6 de dezembro de 2022

Drenagem linfática: saiba como essa massagem age no corpo

A massagem ajuda a eliminar toxinas e acelera o funcionamento do sistema linfático

A drenagem linfática é uma das técnicas de cuidados corporais, na qual são utilizados os dedos e as mãos. É como receber uma massagem, mas a diferença está no objetivo, que, no caso, é diminuir o inchaço e modelar o corpo.

Que tal saber mais sobre a drenagem linfática? Confira abaixo o que é, como é feita e quais os benefícios para o seu corpo.

O que é a drenagem linfática?

A drenagem linfática é uma massagem que estimula o sistema linfático para que ele trabalhe de forma mais acelerada e elimine toxinas. Além de diminuir a retenção de líquidos, ela melhora a circulação sanguínea.

A linfa é uma substância produzida pelo corpo, responsável por fazer trocas metabólicas com as células e ser recolhida novamente pelo sistema linfático. A drenagem linfática vai ajudar a retirar a linfa parada nas células e direcionar para os linfonodos. Esses são localizados em algumas regiões do corpo, como:

  • virilha;
  • axilas;
  • pescoço;
  • atrás das orelhas.

Como é feita a massagem?

Essa massagem pode ser feita em diferentes regiões do corpo, no entanto, precisa seguir o caminho dos vasos linfáticos. Além disso, os movimentos são feitos com pressão em bracelete.

Como a linfa é direcionada aos vasos linfáticos, devem ser feitos sempre movimentos ascendentes, finalizados em algum gânglio linfático. Por exemplo, se a massagem começa na barriga, é finalizada na virilha. Se é feita no braço, se direciona rumo às axilas.

Quais são as contraindicações?

Assim como acontece com outras massagens, antes de fazer a drenagem linfática é preciso se atentar para as contraindicações. O procedimento não é recomendado para quem tem trombose, hipertensão e problemas cardíacos.

Além disso, caso esteja com alguma infecção, também é melhor adiar a sessão da massagem. Isso acontece pelo fato de os movimentos poderem espalhar as células infectadas ao caírem no sistema linfático. Depois que sarar da infecção, pode fazer a drenagem linfática tranquilamente.

Os principais benefícios da técnica

Depois de saber como age a massagem no corpo e conhecer suas contraindicações, veja agora os principais benefícios de apostar nessa técnica.

Redução do inchaço

A redução do inchaço, resultado do acúmulo de líquidos e de toxinas, é um dos principais benefícios observados. Inclusive, para quem está desejando perder medidas, vai notar o resultado após passar pela drenagem linfática.

Melhora da oxigenação dos tecidos

O oxigênio consegue chegar mais facilmente até as células, por isso, os tecidos ficam melhor oxigenados. Isso acontece por dois motivos, primeiro pelos movimentos da massagem, que ativam a microcirculação. Em segundo lugar, a eliminação de líquidos contribui para esse benefício.

Combate a celulite

A retenção de líquidos é uma das principais responsáveis pela formação da celulite. Como a drenagem linfática resolve essa questão, automaticamente também combate a formação da celulite. No entanto, é válido lembrar que somente a massagem não vai eliminar o problema.

Ajuda na absorção de nutrientes

A melhor absorção de nutrientes também é observada em pessoas que recebem a drenagem linfática. Isso ocorre porque a massagem consegue ajudar no funcionamento do intestino, melhorando as condições de absorção. Com isso, se a pessoa seguir uma dieta regrada, poderá experimentar esse benefício.

Eliminar toxinas

O sistema linfático já é responsável por eliminar as toxinas, porém, sem a massagem isso poderia demorar mais tempo. Assim, quem recebe a drenagem linfática acelera esse processo e diminui o nível de toxinas presente no corpo, experimentando outros benefícios, como dormir mais tranquilamente.

Ajuda a relaxar

Por mais que não seja uma massagem relaxante, por ser feita com toques leves, a drenagem linfática pode, sim, ajudar a relaxar. Inclusive, quem a recebe experimenta uma noite de sono mais leve. Além dos toques, o relaxamento é resultado da redução de toxinas no corpo.